Se alguém quiser “ler” a história material dos ambientes construídos, precisa de recorrer às formas mais avançadas de investigação inter¬disciplinar, de modo a mapear a sua existência ao longo do tempo. Esse mapeamento da “vida das coisas” é o que este artigo procura analisar. A discussão estrutura-se em duas partes. A primeira é um esboço da abordagem italiana à “arqueologia da arquitectura”; demonstrando como, em 30-40 anos, a investigação na área juntou especialistas em arqueologia pós-clássica e arquitectos especia¬lizados em conservação do ambiente construído. A segunda parte discute dois casos de estudo que revelam como os métodos e os instrumentos da arqueologia arquitectónica permitem definir sequências temporais na construção e alteração de edificios e, assim, tomar decisões sobre a sua conservação. O primeiro caso de estudo é um projecto real de conservação e reutilização. O segundo caso é um projecto de investigação de um grupo do Politecnico di Milano, centrada na análise de uma estrutura com história pluri-estratificada.

Conservation and the Building Archaeology

C. Di Biase
2020

Abstract

Se alguém quiser “ler” a história material dos ambientes construídos, precisa de recorrer às formas mais avançadas de investigação inter¬disciplinar, de modo a mapear a sua existência ao longo do tempo. Esse mapeamento da “vida das coisas” é o que este artigo procura analisar. A discussão estrutura-se em duas partes. A primeira é um esboço da abordagem italiana à “arqueologia da arquitectura”; demonstrando como, em 30-40 anos, a investigação na área juntou especialistas em arqueologia pós-clássica e arquitectos especia¬lizados em conservação do ambiente construído. A segunda parte discute dois casos de estudo que revelam como os métodos e os instrumentos da arqueologia arquitectónica permitem definir sequências temporais na construção e alteração de edificios e, assim, tomar decisões sobre a sua conservação. O primeiro caso de estudo é um projecto real de conservação e reutilização. O segundo caso é um projecto de investigação de um grupo do Politecnico di Milano, centrada na análise de uma estrutura com história pluri-estratificada.
Fórum do Porto. Património, Cidade, Arquitectura / Porto Forum. Heritage, City, Architecture.
978-989-8527-18-9
File in questo prodotto:
File Dimensione Formato  
Fórum do Porto_Carolina di Biase.pdf

Accesso riservato

Dimensione 64.05 MB
Formato Adobe PDF
64.05 MB Adobe PDF   Visualizza/Apri

I documenti in IRIS sono protetti da copyright e tutti i diritti sono riservati, salvo diversa indicazione.

Utilizza questo identificativo per citare o creare un link a questo documento: http://hdl.handle.net/11311/1131257
Citazioni
  • ???jsp.display-item.citation.pmc??? ND
  • Scopus ND
  • ???jsp.display-item.citation.isi??? ND
social impact