Movendo do estudo dos processos de assimilação de modelos portugueses no Brasil colonial, Lucio Costa vai construindo uma narrativa baseada na legitimação da produção artística e arquitetônica colonial brasileira como fase culminante do ciclo barroco, cujo corolârio seria a própria integração desta no álveo da civilização ocidental e, por conseguinte, o reconhecimento de “direitos de cidadania” pelo modernismo europeo em solo brasileiro. As viagens em Portugal empreendidos por conta do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional com o objetivo de investigar as raízes coloniais da arquitetura brasileira irão contribuir, de forma mais ou menos direta, à circulação de modelos e ideias como tambem à activação de relações professionais e intellectuais entre os dois lados do Atlântico.

Moving from the study of the assimilation of Portuguese models in colonial Brazil, Lucio Costa’s discursive construction comes to envision the legitimation of Brazilian colonial art and architecture as a culmination of the Baroque cycle. Direct corollary of this line of reasoning is the full integration of Brazil in Western civilization and, as a consequence, the recognition of “citizenship rights” for European-based modernism on Brazilian soil. The trips to Portugal which Costa undertakes at the turn of the ‘40s as delegate of the Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional with the aim of investigating the colonial roots of Brazilian architecture will contribute, in a more or less direct way, to the circulation of models and ideas as well as to the activation of professional and intellectual relations between the two sides of the Atlantic.

Across the Atlantic Back and Forth. Lucio Costa’s Cultural Peregrinations between Brazil and Portugal

Piccarolo Gaia
2017

Abstract

Movendo do estudo dos processos de assimilação de modelos portugueses no Brasil colonial, Lucio Costa vai construindo uma narrativa baseada na legitimação da produção artística e arquitetônica colonial brasileira como fase culminante do ciclo barroco, cujo corolârio seria a própria integração desta no álveo da civilização ocidental e, por conseguinte, o reconhecimento de “direitos de cidadania” pelo modernismo europeo em solo brasileiro. As viagens em Portugal empreendidos por conta do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional com o objetivo de investigar as raízes coloniais da arquitetura brasileira irão contribuir, de forma mais ou menos direta, à circulação de modelos e ideias como tambem à activação de relações professionais e intellectuais entre os dois lados do Atlântico.
Rutas ibero-americanas; contactos e intercambios en la arquitectura del siglo XX; rotas de intercâmbio na arquitetura do século XX; exchange path in the twentieth century architecture
978-84-946831-0-7
Moving from the study of the assimilation of Portuguese models in colonial Brazil, Lucio Costa’s discursive construction comes to envision the legitimation of Brazilian colonial art and architecture as a culmination of the Baroque cycle. Direct corollary of this line of reasoning is the full integration of Brazil in Western civilization and, as a consequence, the recognition of “citizenship rights” for European-based modernism on Brazilian soil. The trips to Portugal which Costa undertakes at the turn of the ‘40s as delegate of the Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional with the aim of investigating the colonial roots of Brazilian architecture will contribute, in a more or less direct way, to the circulation of models and ideas as well as to the activation of professional and intellectual relations between the two sides of the Atlantic.
File in questo prodotto:
File Dimensione Formato  
Rutas ibero-americanas_Piccarolo.pdf

Accesso riservato

Descrizione: PDF
: Publisher’s version
Dimensione 2.25 MB
Formato Adobe PDF
2.25 MB Adobe PDF   Visualizza/Apri

I documenti in IRIS sono protetti da copyright e tutti i diritti sono riservati, salvo diversa indicazione.

Utilizza questo identificativo per citare o creare un link a questo documento: http://hdl.handle.net/11311/1037672
Citazioni
  • ???jsp.display-item.citation.pmc??? ND
  • Scopus ND
  • ???jsp.display-item.citation.isi??? ND
social impact